Tecnologia: Unidade da Intel pretende lançar ônibus autônomos em 2024

A expectativa da empresa é ampliar o sistema de direção automatizada para além de táxis e veículos de entrega, a previsão é que os veículos sem motorista operem primeiramente na Alemanha e Israel.

Por Samara Tibúrcio

Tecnologia de carros autônomos será aplicada em ônibus - Foto: Divulgação Mobileye
Foto: Divulgação Mobileye

Executivos da Reuters afirmaram que a empresa Mobileye, unidade da Intel, planeja construir e lançar ônibus elétricos autônomos junto a seus parceiros Benteler e Beep nos Estados Unidos em 2024, mas ainda não há data para o lançamento. 

A Benteler ficará responsável por criar o veículo em si, enquanto a Mobileye cuidará de todo o software de direção autônoma e a Beep cuidará do sistema de operação.  Os ônibus serão confeccionados de acordo com a demanda, com 12 a 14 assentos cada e não terão volantes ou pedais.

A intenção da empresa seria ampliar seu sistema de direção automatizada para além de táxis e veículos de entrega. De acordo com a proposta, os ônibus serão operados em “áreas georreferenciadas controladas”, onde os limites de velocidade são de 35 milhas por hora (55 km/h) ou menos.

A princípio a expectativa é de que no primeiro ano de implantação tenha centenas de ônibus circulando pelas cidades norte-americanas e após esse período de experiência o número possa subir para 10 ou até 15 mil. 

Aguardando aprovação regulatória da Alemanha e Israel, a Mobileye planeja implantar robotáxis até o final deste ano, e colocar em serviço veículos elétricos automatizados de entrega nos Estados Unidos até 2023.

Johann Jungwirth, vice-presidente da Mobileye informou que a empresa quer provar aos órgãos reguladores dos EUA que seu sistema de direção autônoma seria mais seguro do que um motorista humano, além dos ônibus possuírem ótimo custo-benefício e podem ajudar a resolver problemas com emissões de gases e congestionamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 + dezoito =