Tarifa do transporte coletivo de Curitiba sofre reajuste e novo valor começa a valer a partir desta terça-feira (1)

Passagem passa dos atuais R$ 4,50 para R$ 5,50, o que equivale a um aumento de 22%. O novo valor entra em vigor a partir da 0h desta terça. 

Por Samara Tibúrcio

Foto: Divulgação

A partir da zero hora desta terça-feira (01) os usuários do transporte coletivo de Curitiba precisaram desembolsar mais no valor da tarifa.   A passagem sofrerá um reajuste equivalente a 22%, passando dos atuais R$ 4,50 para R$ 5,50. Já algumas linhas que atendem a Região Metropolitana de Curitiba (RMC) o reajuste será de 5,55% e começa a valer a partir de 15 de março.

Este é o primeiro aumento desde fevereiro de 2019 e foi o menor valor possível para manter a sustentabilidade do sistema de transporte. O reajuste se justifica pela alta no preço de insumos essenciais, como combustível, mão de obra, pneu, além da diminuição no número de passageiros como consequência da pandemia da Covid-19.

De acordo com a Prefeitura é paga anualmente para as empresas de ônibus uma tarifa técnica de R$ 6,36, mas como forma de tentar minimizar os impactos da pandemia será cobrada dos passageiros a tarifa social de R$ 5,50, valor entre 13% e 23% menor que a tarifa técnica. 

A diferença entre a tarifa do usuário e a tarifa técnica será bancada por meio de subsídio do Poder Público e pode chegar em 2022 a um valor de R$ 157 milhões.  Segundo Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs, “Conseguimos limitar o aumento a R$ 1, com o subsídio e o compromisso de manter uma tarifa social para o passageiro no menor nível possível”. 

Mesmo após o reajuste serão mantidas a gratuidades a idosos, pessoas com deficiência e aos passageiros da Região Metropolitana que entram no sistema urbano por meio das integrações da rede.  Estudantes seguem pagando metade do valor da passagem. 

Os passageiros que utilizam o vale transporte os créditos tem validade de 30 dias após o aumento da tarifa, já para passageiros que possuem o cartão usuário a nova tarifa já passa a valer sobre os créditos adquiridos. 

A Prefeitura informou que fora do horário de pico entre 9h às 11h e das 14h às 16h onze linhas terão a tarifa reduzida, valor passa de R$ 3,50 para R$ 4,50. Lembrando que a medida é exclusiva para passageiros que utilizam o cartão-transporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.