Sancetur quer reajustar valor da passagem para R$ 10,24 em Americana

Sindicatos de empresas de ônibus falam na possibilidade de colapso com nova alta do diesel

Por Samara Tibúrcio

Com o país tendo que lidar com os constantes aumentos no preço dos combustíveis, empresas do transporte público de diversas cidades estão solicitando o reajuste da tarifa como uma forma de amenizar os impactos e equilibrar as finanças. O novo reajuste do diesel gerou preocupação no setor e o impacto nas tarifas pode chegar a 15,4%.

Após ser anunciado o aumento do diesel em 8,87% nesta semana, a Sancetur, empresa responsável pelo transporte coletivo em Americana, foi mais uma empresa a reivindicar o reajuste da tarifa. Atualmente, a tarifa custa R$ 4,70 e a Sancetur está solicitando o reajuste da tarifa para R$ 10,24. Marco Chedid dono da empresa relatou que o reajuste está previsto em contrato e ainda afirmou.

“O poder público tem que entender a importância do transporte público para a população. É o meio que a população utiliza para ir trabalhar. Claro que não dá pra cobrar da população. Aumentou o salário dos motoristas em 12%. Houve o aumento do óleo. É o que determina o contrato. Tem que haver o reajuste por causa da mão de obra, preço do diesel. Não tenho aumento há três anos”. 

Chedid afirmou que pretende acionar a Justiça caso a prefeitura não aumente o subsídio ou atenda o pedido da empresa em reajustar a tarifa. Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte existe a possibilidade de colapso do setor e a diminuição no número de veículos circulando caso não haja reajuste na tarifa ou aumento de subsídio por parte das prefeituras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =