Metrô de BH: trabalhadores do setor decidem suspender greve prevista para essa segunda-feira (7)

Após anunciarem que entrariam em estado de greve na semana passada, trabalhadores do setor voltaram atrás e resolveram suspender a paralisação.

Por Samara Tibúrcio 

Após assembleia que ocorreu no último sábado (5),  na Praça da Estação, Centro de Belo Horizonte, os metroviários decidiram adiar o início da greve que estava prevista para a esta segunda-feira (7).

Segundo o Sindicato dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindimetro-MG) ficou decidido o adiamento da paralisação até o dia 25 de fevereiro, “Como ação de boa fé”.

Após reunião virtual promovida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região acabar sem acordo, o Presidente do sindicato, Romeu Machado informou:

“A categoria suspendeu a greve que começaria na segunda-feira atendendo a um pedido do desembargador César Pereira da Silva Machado Júnior que pediu um voto de confiança da categoria para aguardar até o dia 24, quando vai ter uma audiência no TRT. Aguardamos uma resposta do Governo Federal às nossas duas reivindicações”. 

Entre as reivindicações dos metroviários estão à suspensão da privatização do metrô, onde os funcionários serão transferidos de imediato para a nova empresa, impedindo a transferência para a CBTU de outros estados.

O Sindimetro ressalta ainda que caso as reivindicações não sejam aceitas a greve pode ser retomada, “a greve é a única forma de fazer com que o governo e a empresa tragam respostas às dúvidas de como ficará a situação dos trabalhadores diante da privatização do metrô”.