Petrobras anuncia redução do preço do gás de cozinha

Valor do quilo do gás vendido às distribuidoras passa de R$ 4,23 para R$ 4,03.

Por Samara Tibúrcio

A Petrobras anunciou na última segunda-feira (12) uma redução de 4,7%, no preço do gás de cozinha vendido às distribuidoras.  Na prática, o preço médio cobrado das distribuidoras pela estatal passa de R$ 4,23 por quilo para R$ 4,03 por quilo já a partir desta terça-feira (13). Sendo assim, o botijão de 13 kg fica a R$ 52,34. 

“A redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio”. Declarou a estatal em nota. 

O último reajuste no preço do GLP (gás liquefeito de petróleo) ocorreu no dia 9 de abril deste ano, quando o quilo passou de R$ 4,48 para R$ 4,23 por kg, equivalente a R$ 54,94 por 13kg. Antes, no entanto, vinha em trajetória de alta. 

Veja o histórico de variação de preços, por quilo. 

  • Junho/2021: R$ 3,40;
  • Julho/2021: R$ 3,60;
  • Agosto/2021: R$ 3,60;
  • Setembro/2021: R$ 3,60;
  • Outubro/2021: R$ 3,86;
  • Novembro/2021: R$ 3,86;
  • Dezembro/2021: R$ 3,86;
  • Janeiro/2022: R$ 3,86;
  • Fevereiro/2022: R$ 3,86;
  • Março/2022: R$ 4,48;
  • Abril/2022: R$ 4,23;
  • Maio/2022: R$ 4,23;

Até o dia 3 de agosto deste ano, o preço médio do botijão de 13kg era de R$ 111,57 no país.  A Petrobras informa ser responsável apenas por 49,2% desse valor. A distribuição e a revenda representam uma parcela de 40,1% do custo ao consumidor e o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), representa 10,6%.  Os impostos federais estão zerados até o final deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 9 =