Governo propõe salário mínimo de R$ 1.302 em 2023

Valor corresponde a um reajuste de 7,41% em comparação com o valor pago para o salário mínimo neste ano.

Por Samara Tibúrcio

O governo federal enviou ao Congresso Nacional o projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA) com a proposta de um salário mínimo de R$ 1.302 para 2023. Na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) enviada ao Congresso em abril, a estimativa para o mínimo do próximo ano era de R$ 1.294,00. 

O valor é R$ 90 maior que o salário mínimo atual, de R$ R$ 1.212, e representa um reajuste de 7,41%. A correção do salário mínimo prevista no PLOA 2023 é definida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O valor do salário mínimo proposto pelo governo para o ano que vem tem correção somente pela inflação, sendo o quarto ano sem aumento real do salário mínimo, ou seja, sem elevação acima da inflação.

De acordo com cálculo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), o valor do salário mínimo deveria ser muito maior do que o proposto pelo governo. Segundo os dados do Departamento, o valor necessário para despesas básicas deveria ser de R$ 6.388,55 em julho deste ano.

O cálculo do Dieese considera o mínimo necessário para suprir as despesas de uma família de quatro pessoas com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

O Ministério da Economia estima inflação de 7,2%, em 2022. Apesar das projeções, o valor poderá ser alterado até o fim deste ano, quando será possível ter um cenário mais claro sobre qual será o INPC de 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =