Golpe da maquininha: Cuidados para não se tornar uma vítima

Aplicativos de delivery estão sendo usados por criminosos para aplicar o chamado “golpe da maquininha”, fique atento para não ser mais uma vítima!

Por Samara Tibúrcio

Foto: Divulgação

Aplicativos de pedidos delivery estão alertando seus clientes sobre uma nova modalidade de golpe que vem ocorrendo e prejudicando seus clientes. Criminosos entram em contato com o cliente afirmando ser entregador do aplicativo e comunicam que houve um problema com a taxa de entrega e que será necessário pagar uma taxa extra. Isso é um golpe já que os aplicativos de entrega não adotam esse tipo de procedimento.

O contato com o cliente é feito pelo chat ou por telefone, os criminosos afirmam que o entregador que faria a entrega teve um imprevisto e para mandarem outro é necessário pagar uma taxa extra na entrega. A fraude ocorre na hora que o cliente efetua o pagamento na maquininha. O dispositivo está adulterado e cobra um valor bem acima do que foi comunicado pelo suposto entregador. 

A Polícia Civil investiga se os entregadores dessas plataformas possuem envolvimento nessa nova modalidade de crime ou se podem ter sido vítimas de algum tipo de golpe ou roubo de dados. 

Entre as vítimas desse golpe está um advogado do Rio de Janeiro que afirmou ter feito um pedido pelo aplicativo de comida e foi avisado que o pagamento deveria ser efetuado no ato da entrega. Segundo a vítima, o entregador passou seu cartão duas vezes, alegando problemas na primeira tentativa. Ao conferir sua conta no aplicativo do banco, o advogado constatou que tinha debitado um total de R$ 3.909,98 de seu cartão em uma compra que deveria ter sido de 30 reais. 

Caso você efetue uma compra em algum aplicativo e perceba algo de errado cancele o pedido e entre em contato com o aplicativo. De acordo com o Procon para evitar ser mais um vítima desse tipo de situação é importante que o cliente pague apenas após conferir o valor na máquina do cartão; Pedir sempre o comprovante impresso na máquina, além da nota fiscal da compra; Em caso de dúvidas, entrar em contato com o estabelecimento e se tiver sido vítima do golpe, denunciar o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × 2 =