FGTS divide lucro com cotistas, saiba se você tem dinheiro a receber

Terão direito a receber o dinheiro trabalhadores com contas ativas ou inativas do FGTS. Lucro do fundo foi de mais de 13 bilhões de reais.

Por Samara Tibúrcio

Na última sexta-feira (22) o Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) decidiu distribuir 99% do lucro líquido do fundo aos trabalhadores com contas vinculadas. O valor equivale a R$ 13,2 bilhões dos R$ 13,3 bilhões do lucro, com ano-base 2021.

O valor será dividido proporcionalmente entre os cotistas com contas ativas ou inativas. O valor de referência corresponde ao saldo de cada conta em 31 de dezembro de 2021 e quanto maior o saldo da conta vinculada ao FGTS, mais o trabalhador terá a receber.

Segundo a Folhapress, diante da inflação oficial medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) em 2021, de 10,06%, é provável que o rendimento do fundo agora fique abaixo desse índice, mas ganhando de aplicações como a poupança.

O FGTS remunera os recursos dos trabalhadores a uma taxa de 3% ao ano, mais a variação da Taxa Referencial (TR). Como a distribuição de lucro representa um ganho adicional,  o retorno deste ano deve ficar em 5,83% ante os 2,99% da poupança.

Para saber a parcela do lucro que será depositada, o trabalhador deve multiplicar o saldo de cada conta em seu nome em 31 de dezembro do ano passado por 0,02748761. O dinheiro do fundo será acrescentado ao saldo do FGTS é poderá ser sacado nas seguintes situações:

  • Demissão sem justa causa;
  • Estar três anos sem emprego com carteira assinada;
  • Fim do contrato temporário;
  • Compra de casa própria;
  • Aposentadoria;
  • Saque-aniversário;
  • Doenças graves.

É possível consultar o extrato do FGTS pelo aplicativo “FGTS” (disponível no Google Play e App Store), por meio do site do FGTS, ou aplicativo da Caixa Econômica Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 − 15 =