Compras pagas com cartão por aproximação crescem 350% no primeiro semestre de 2022

O cartão por aproximação oferece praticidade, rapidez, versatilidade, criptografia e higiene.

Por Samara Tibúrcio

As compras pagas com cartões de crédito, débito e pré-pagos tiveram um crescimento de 36,5% em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços).  Segundo o balanço apresentado pela a associação as compras realizadas utilizando esse meio de pagamento movimentaram 1,6 trilhão de reais no primeiro semestre de 2022. 

O pagamento por aproximação, com uso da tecnologia NFC (Near Field Communication), foi o mais utilizado entre os meios de pagamento e apresentou um crescimento de 350%. Em comparação com o pagamento a partir da inserção do chip, a aproximação proporciona uma experiência muito mais rápida. Além de poupar o tempo para fazer a leitura do chip, o uso do cartão sem contato não precisa de senha.

Em algumas instituições financeiras o cartão já vem com essa opção de pagamento por aproximação liberado, em outros, é preciso seguir algumas regras, estabelecidas pela própria instituição para liberar o recurso. Além dos cartões, essa tecnologia está presente em celulares, relógios e pulseiras digitais. 

Pensando na segurança dos clientes, algumas instituições só permitem o uso de aproximação sem senha apenas para pagamentos com um limite de valor, que costuma variar entre R$ 50 e R$ 200 conforme diferentes instituições financeiras. Para compras em valores maiores, você pode aproximar o cartão para iniciar o processo, mas precisa digitar a senha para confirmar.Caso o usuário não se sinta seguro e queira desativar o pagamento por aproximação do seu cartão ou do celular é necessário acessar o aplicativo do respectivo banco, abrir a tela de cartões e desabilitar a opção “Contactless” nas configurações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 + 19 =