Autorizado concurso com 800 vagas para os Bombeiros do Rio de Janeiro

O certame do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro irá ofertar 670 vagas no cargo de soldado e 130 vagas no cargo de 3º sargento.

Por Samara Tibúrcio

O concurso do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro está oficialmente autorizado pelo governador Cláudio Castro. De acordo com o material publicado no Diário Oficial do estado desta segunda-feira, 8 de agosto, o certame irá ofertar 800 vagas no total, sendo 670 serão para soldados em diversas áreas de atuação e 130 para sargentos músicos. 

No caso de soldados, a distribuição por áreas de atuação será a seguinte:

  • Pedreiro (14 vagas);
  • Eletricista predial (6);
  • Eletricista eletrotécnico (8);
  • Bombeiro hidráulico (6);
  • Carpinteiro (6);
  • Pintor (12);
  • Condutor de viatura CNH D (130);
  • Condutor de viatura CNH E (100);
  • Mecânico de motor à diesel (36);
  • Mecânico de motor à gasolina (20)
  • Mecânico de motor à 2 tempos (14);
  • Mecânico refrigeração automotiva (8);
  • Mecânico eletricista automotivo (12);
  • Mecânico eletromecânico (12);
  • Lanterneiro (16);
  • Lanterneiro pintor de automóveis (16);
  • Serralheiro (16);
  • Borracheiro (12).

Veja a distribuição das vagas de sargento músico:

  • Clarinetista (22);
  • Flautista (6);
  • Flautinista (2);
  • Saxofonista (6);
  • Fagotista (2);
  • Oboista (3);
  • Trompetista (8);
  • Trombonista (9);
  • Bombardinos (4);
  • Tubista (6);
  • Trompista (8);
  • Contrabaixista (6);
  • Percussionista (9);
  • Pianista (1);
  • Violinista (22);
  • Violista (8);
  • Violoncelista (8);
  • Técnico em telefonia (10);
  • Técnico em radiofonia (10);
  • Eletrotécnico em comunicações (6);
  • Corneteiro (50);
  • Mestre de lancha (150).

O certame irá exigir o nível médio técnico completo (conforme a subespecialização),  e idade limite de 32 anos para ingresso na corporação. Para o posto de condutor e operador de viaturas será exigido apenas o nível médio completo, além da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias D e E.

Os candidatos serão avaliados em diversas etapas, sendo a primeira delas a prova objetiva, contendo 60 questões de:

  • Língua Portuguesa (15);
  • Raciocínio Lógico (15); 
  • Conhecimentos Específicos (30).

Com banca organizadora definida, que será o Instituto Universal de Desenvolvimento Social (Iuds), o próximo passo é a assinatura do contrato. Novas informações devem ser confirmadas em breve, como a data de publicação do edital e a abertura do período de inscrições.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 + 7 =