Soldado perde parte da mão em treinamento com granada em Belo Horizonte

Acidente ocorreu durante o curso de formação de soldados da PMMG. Militar foi encaminhado ao Hospital João XXIII onde passou por cirurgia.

Por Samara Tibúrcio

O soldado 2ª Cl PM Ygor Pereira Alves que participava do curso de formação de Soldados da Polícia Militar sofreu um grave ferimento na mão durante uma atividade com granadas realizada na manhã deste domingo (7) na Academia da Polícia Militar no bairro Prado, região Oeste da capital. O militar participava do curso de operador de Instrumentos de Menor Potencial Ofensivo (IMPO) e acabou se lesionando ao manusear uma granada de mão.

De acordo com as informações repassadas pela corporação, os alunos teriam feito treinamento primeiramente com uma réplica e na sequência um explosivo real. O 3º Sargento da PM Daniel Henrique de Paula Florêncio, responsável pela instrução no momento do acidente, informou que o militar retirou o pino de segurança do artefato, porém, não o arremessou, razão pela qual a detonação se deu em sua mão.

Ainda de acordo com essas informações, o ferimento teria sido muito grave, tendo o aluno praticamente perdido a mão. O militar recebeu o primeiro socorro no local com a utilização de um torniquete para conter a hemorragia e logo em seguida foi encaminhado de ambulância para o pronto-socorro do Hospital João 23, onde passou por cirurgia e foi medicado.

O Comando da Academia de Polícia Militar informou “que instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias do fato”. E a Polícia Civil declarou que “assim que tomou conhecimento do ocorrido, deslocou uma equipe de policiais ao local dos fatos para realizar os primeiros levantamentos”. Nesta segunda-feira (8) uma equipe da engenharia irá identificar e coletar vestígios da explosão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 3 =