Petrobras reajusta preços dos combustíveis: Gasolina sobe 5,18% e diesel sobe 14,25%

O aumento dos combustíveis para as distribuidoras começa a valer a partir de amanhã (18).

Por Samara Tibúrcio

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (17) novas altas nos preços da gasolina e do diesel, e o reajuste para as distribuidoras começa a valer neste sábado, 18 de junho. O diesel não era reajustado desde 10 de maio, já o último reajuste no preço da gasolina havia sido em 11 de março. 

Com o novo reajuste o preço médio de venda de gasolina para as distribuidoras passará de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro, o que representa uma alta de 5,18%. Para o diesel, preço médio de venda para as distribuidoras passará de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro, uma alta de 14,25%.

No comunicado, a Petrobras afirma que o gás de cozinha não sofrerá reajuste e que “tem buscado o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse imediato para os preços internos da volatilidade das cotações internacionais e da taxa de câmbio”.

Foi realizada na última quarta-feira (15), votação do Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/2022 pela Câmara dos Deputados que limita a aplicação de alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis, fixando-a no patamar máximo de 17% a 18%, abaixo dos valores atuais aplicados pelos estados.A medida que tem como objetivo reduzir o preço dos combustíveis para o consumidor pode ser anulada por conta do aumento dos valores da Petrobras.  Na nota a estatal afirma que o mercado global de energia está atualmente em “situação desafiadora”, por conta da recuperação da economia mundial e da guerra na Ucrânia e sugere que, de outra forma, poderia haver risco de desabastecimento interno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 8 =