CRLV será cobrado a partir de 1º de junho em Minas Gerais

Motoristas que forem abordados sem o licenciamento serão multados em R$296, além de perderem 7 pontos na carteira

Por Samara Tibúrcio

Após o governo de Minas Gerais suspender a exigência do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) referente  ao ano de 2021 por conta das fortes chuvas que atingiram o estado, além dos efeitos socioeconômicos consequentes da pandemia, a exigência do documento volta a ser obrigatória a partir do dia 1° de junho deste ano.

Assim como a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o CRLV é um documento obrigatório. Motoristas que forem abordados sem o licenciamento serão multados em R$296, perderão sete pontos na carteira de habilitação e terão o veículo apreendido.

 O documento poderá ser apresentado impresso em papel comum ou no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), disponível para aparelhos com sistemas Android e iOS. O porte do documento pode ser dispensado em casos que o responsável pela fiscalização tenha condições de pesquisar as informações no sistema, contudo é recomendável que o condutor possua sempre a documentação para evitar possíveis eventualidades do sistema.Em caso de dúvida sobre a regularidade do CRLV, o proprietário do veículo poderá  acessar o site www.detran.mg.gov.br para verificar a situação. Além de conferir situações relacionadas ao IPVA, ao seguro obrigatório, à Taxa de Renovação do Licenciamento Anual do Veículo e eventuais multas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − cinco =